FORMAÇÃO

Ano Litúrgico: entenda o calendário da Igreja Católica

 

Paz e bem, irmãos! Hoje vamos abordar um tema que, talvez, muita gente tenha curiosidade para aprender e entender um pouco mais: o ano litúrgico.

Diferença entre ano litúrgico e ano civil

O ano civil é o calendário utilizado no cotidiano de todos, que começa no dia 1 de janeiro e se encerra no dia 31 de dezembro. Já o ano litúrgico tem início no Primeiro Domingo do Advento e termina no sábado anterior a ele, onde se celebra a Solenidade de Cristo Rei.

Ano Litúrgico

Os diferentes Tempos Litúrgicos

ano litúrgico é composto por diversos tempos litúrgicos. São eles:

Tempo do Advento

Início: Primeiro Domingo do Avento
Término: 24 de dezembro, à tarde

Cor: Roxa

Esse tempo é dividido em duas partes: do início até o dia 16 de dezembro, a Igreja se volta para a segunda vinda do Salvador, que vai acontecer no fim dos tempos. A partir do dia 17 até o final, a Igreja se volta para a primeira vinda do Salvador, que se encarnou no ventre de Maria e nasceu na pobre gruta de Belém.

Tempo do Natal

O Tempo do Natal se inicia na véspera do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo e se estende até a festa da Epifania, onde ocorre o batismo de Jesus.

No período do Natal são celebradas as festas da Sagrada Família, de Santa Maria Mãe de Deus e do Batismo de Jesus.

Tempo da Quaresma

A Quaresma inicia-se na Quarta-feira de Cinzas, e termina na manhã de Quinta-feira Santa.

O Tempo da Quaresma é um tempo forte de conversão e penitência, jejum, esmola e oração.

Tríduo Pascal

O Tríduo Pascal começa com a Missa da Santa Ceia do Senhor, na Quinta-Feira Santa. Neste dia, é celebrada a Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio, e comemora-se o gesto de humildade de Jesus ao lavar os pés dos discípulos.

Na Sexta-Feira Santa celebra-se a Paixão e Morte de Jesus Cristo. É o único dia do ano que não tem Missa, acontece apenas uma Celebração da Palavra.

No Sábado Santo, a Igreja não exerce qualquer ato litúrgico, permanecendo em contemplação de Jesus morto e sepultado. Na noite de Sábado Santo, já pertencente ao Domingo de Páscoa, acontece a solene Vigília pascal.

Tempo Pascal

A Festa da Páscoa se estende por cinquenta dias entre o domingo de Páscoa e o domingo de Pentecostes, comemorando a volta de Cristo ao Pai na Ascensão, e o envio do Espírito Santo.

Este momento deve ser vivido com uma espiritualidade de alegria no Cristo Ressuscitado e crendo firmemente na vida eterna.

Tempo Comum

O Tempo Comum é dividido em duas partes: a primeira entre os tempos do Natal e da Quaresma, e é um momento de esperança e de escuta da Palavra onde devemos anunciar o Reino de Deus. A segunda parte fica entre os tempos da Páscoa e do Advento, e é o momento do cristão colocar em prática a vivência do Reino e ser sinal de Cristo no mundo, ou como o mesmo Jesus disse, ser sal da terra e luz do mundo.

Ainda no  Tempo Comum é celebrado as memórias da Virgem Maria e dos Santos.

As Cores do Ano Litúrgico

As cores litúrgicas exercem um papel de vital importância e diz respeito aos paramentos do celebrante, à toalha do altar e do ambão e a outros símbolos litúrgicos da celebração.

As diferentes cores das vestes litúrgicas visam manifestar externamente o caráter dos mistérios celebrados, e também a consciência de uma vida cristã que progride com o desenrolar do ano litúrgico.

Deixe um comentário

/* ]]> */